Páginas

terça-feira, 31 de agosto de 2010

New Thought - por Laura Pacheco

A um tempo atras eu pedi a essa Pisciana de Brasilia, que mora na Italia, para escrever um post para meu pequeno blog. E ela me enviou o texto em resposta ao meu post, Afirmacoes Positivas, e confesso que me emocionei quando li, pois senti verdadeiramente suas palavras. Era como se eu tivesse me transportado para o lado dela, e ficasse ali, apenas ouvindo ela falar... E como sempre digo, amizade nao tem preco, nao tem posicao social, nao tem distancia geografica, ela apenas existe.

Laura de Aguiar Pacheco, nasceu dia 01 de Marco em Brasilia.... (minha Terrinha) Mora atualmente na Italia, com o marido e os filhos.
Adora ser Animadora, e sempre esta a frente de Campanhas de ajuda.
Adora ler, e agora escrever.... E apesar da pouca idade, tem uma grande vivencia, e ama a VIDA INTESAMENTE!!!!

Obrigada minha querida pelo lindo texto:



New Thought

Ja ha algum tempo tenho refletido muito sobre essa questao do New Thought e sobre o que A Louise Hay fala. E se como conheço as ideias basicas dessa doutrina, e desde muito pequena vivi num meio que me permitiu vivenciar tudo isso, acredito cada vez mais que depende mesmo da gente tudo o que nos acontece.

Depende do modo como estamos vibrando, depende do que pensamos e daquilo que prospectamos pras nossas vidas. Quando era pequena, meu pai sempre me dizia: Deseje, nao sonhe, sonhos sao irreais, e sempre serao, deseje, projete, queira, pois o que vc quer realmente è o que vc
terà, e jogue as suas espectativas bem em alto, pq vc vai obter aquilo que deseja, se desejares pouco, vai obter pouco. Esse era um dos muitos ensinamentos que herdei, e que por muito tempo ficaram latentes na minha mente e subconsciente, sem que eu vivenciasse essa verdade na minha vida.

Ou seja, sempre soube do poder da nossa mente, mas o cetissismo, a vida pratica e a falta de paciencia e reflexao me levaram sempre a deixar isso la, guardado, sem dar a devida importancia. Mas obviamente a vida da gente nos leva sempre a situaçoes limite, onde nos sentimos mesmo perdidos e sem saida. E o que me fez conseguir superar tudo foi exatamente reagir positivamente. Foi muito complicado no inicio, ja que quando vc esta mal mesmo, nada parece fazer sentido, nada mais é colorido.

Mas é exatamente nesse momento que cada um de nos tem que tomar uma decisao definitiva, e eu decidi mudar. Nao tendo nada alem de Mim mesma, decidi que a partir daquele momento as coisas iam mudar, e ja estavam mudando, e foi ai que comecei a ler varios livros e textos que abordavam a questao do New Thought, e me sentia um pouco estupida, pq eram coisas que eu ja conhecia, que eu sentia dentro de mim que eram verdade, coisas que sintonizavam com tudo o que eu acredito, mas obviamente, é um processo lento, do momento em que aceitei esse compromisso comigo mesma, tive que começar a recondicionar a minha mente, é como voltar a frequentar uma academia, voltar a fazer exercicios depois de anos de vida sedentaria, como primeiro passo comecei a Agradecer, pq é a base de tudo, nao quero convencer ninguem, nem fazer apologia das coisas em que eu acredito, é so uma vontade de contar, de dividir as coisas maravilhosas que aconteceram na minha vida desde o momento em que eu decidi que seria assim, pq acredito que esse tipo de coisa nao deve ser mantida como um segredo, ou como algo escondido, pode ser que alguem leia o que eu escrevo e que de alguma forma se sinta tocado dentro, e que esse sentimento de Gratidao e Amor, se prolifere, pois a unica coisa que ganho em troca é o retorno do Amor multiplicado.

Tem muita gente, em muitas religioes, que fala da mesma coisa, eu admiro e me sintonizo, mesmo nao concordando com tudo o que diz respeito à fè religiosa de ninguem, mas a essencia é a mesma, e quando vc entra nessa sintonia do Amor, tudo começa a se encaixar, e coisas maravilhosas começam a acontecer a todo instante. Mas como qq treinamento nao é sempre facil, as vezes a peteca cai, e vc volta a vibrar em niveis mais baixos, por isso volto a falar da questao do condicionamento mental, e ai entra a parte interessante da Louise Hay, pq ela, que superou o cancer, e que decidiu que o que ela vivenciou deveria ser cada vez mais divulgado, ela criou essa serie de livros e audiolivros, que tem me ajudado imensamente no meu condicionamento para o bem. Foi minha prima Thais que me disponibilizou esses audiolivros, e desde entao, eu ouço sempre, e repetidamente, e venho me sentindo cada vez melhor, e agradeço a cada milagre cotidiano, pq tudo isso começa a se tornar verdade na sua vida, e assim tem sido, e o melhor, toda vez que falo nisso, que conselho às pessoas proximas a mim, de
ter essa mesma atitude positiva, começo a ver que tudo flui em modo armonioso.

Cada vez mais pessoas começam a despertar pra essas verdades, que no fundo é muito simples, muito espontaneo, viver o Amor. Escolher a cada manha, quando vc levanta, de viver um dia maravilhoso, e
ter como principio fundamental o fato de que merecemos ser felizes, todos nòs! Outra questao muito importante nesse processo de cura é o perdao, e talvez seja a parte mais dificil, pelo menos pra mim. Mas tenho desejado com todo o meu amor de conseguir perdoar e deixar ir. Quando vc descobre o tempo que perde conservando rancores inuteis, vc percebe que so faz mal a vc mesmo, e conseguir perdoar e deixar ir se torna o unico caminho pra se sentir livre e feliz. E assim se reconquista uma autoestima que è fundamental pra cada um de nos, e o processo de perdao começa com nos mesmos, perdoar-se dos erros cometidos, tratar-se com carinho, amar-se, como aos outros. Costumamos tratar quem amamos com muito carinho e compreensao. Deveriamos começar a nos tratar do mesmo modo, nos desculpar pelos nossos momentos de fraqueza, nos confortando quando passamos por coisas dolorosas e aparentemente injustas.

E
ter sempre em mente que isso faz parte do que vivemos até agora, e decidir que desse momento em diante queremos muito mais coisas e coisas muito melhores. Agradeço a essa oportunidade que me deu essa nova otima amiga Rita de poder dividir um pouco do que tenho vivido com quem curte "Apenas um papo", sem grandes pretençoes, so bons propositos! E desejo tanto Amor pra vida de todos vcs!

Laura de Aguiar Pacheco.

2 comentários:

dona perfeitinha disse...

Oi, Rita,
Realmente lindo o texto da Laura. Parabéns, Laura. E acredito nisso tudo também. Devemos mesmo ter uma nova forma de pensar, caso a que temos não esteja nos ajudando a crescer. Adorei o depoimento dela sobre a influencia positiva do pai nesse sentido.

Beijos,
Talita.

Laura disse...

Obrigada meu amor! Ficou lindo! Eu que me emocionei agora! Vou produzir mais mesmo! Vale sempre a pena né? Um grande beijo e boa noiteeeeee!

Posts Relacionados

Related Posts with Thumbnails